Prefeito Dinha se pronuncia sobre atropelamento e diz que tomará medidas se forem comprovadas as acusações contra ex-candidato a vereador


O prefeito de Simões Filho, Diógenes Tolentino, o Dinha, se pronunciou sobre o incidente ocorrido na última quarta-feira (09/08), quando um veículo avançou contra estudantes e deixou três adolescentes feridos. O fato está sendo atribuído a um servidor da prefeitura, o ex-candidato a vereador Guterney.

Dinha lamentou o ocorrido e disse que vai esperar a investigação da polícia para tomar medidas.

“Foi um fato lamentável o que ocorreu. Está sendo atribuído ao servidor Guterney. A gente ainda não tem por parte da polícia competente a resposta definitiva, mas existe muita possibilidade de realmente ser ele o autor desse fato e vamos aguardar a definição, mas tomaremos medidas para resolver essa situação”, disse o prefeito, em declaração publicada pelo site Mapele News.

Ao falar sobre o funcionário, Dinha demonstrou estar surpreso com o acontecido. Segundo o prefeito, Guterney é uma pessoa muito “ordeira” e “de bem”. Para o mandatário, tudo o que aconteceu foi uma “coisa lamentável”.

Incidente

O atropelamento aconteceu durante um protesto no Ginásio Municipal. Um automóvel tentou avançar contra os manifestantes, que cercaram o veículo. Em seguida, o motorista teria engatado a marcha, atropelando os adolescentes. As vítimas sofreram arranhões e ferimentos leves. Um dos jovens acusou Guterney e disse que o identificou pois o vidro do veículo estava aberto.

O acusado nega que tenha feito tal infração. O caso está sendo investigado pela 22ª Delegacia Territorial.