“Vamos lutar pela cidade e fazer um governo para o povo e não para grupo.”, afirma Dene Canaã
Simões Filho

“Vamos lutar pela cidade e fazer um governo para o povo e não para grupo.”, afirma Dene Canaã

Após a convenção do último sábado (30), do PMDB, no município de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS), em que se oficializou a candidatura de Diógenes Tolentino, o Dinha, como nome certo da oposição, a especulação da vez é sobre o nome do vice que irá compor a chapa majoritária.

Na manhã desta terça-feira, 2,  o  Fala Simões Filho foi em busca de informação acerca dessas especulações, pois,  o que se sabe, até o momento, é que o nome do vice de Dinha deverá sair de um dos partidos: PSDB, PDT, DEM ou Solidariedade.

Dene

Procurado pela nossa reportagem para falar sobre o boato de que seria o escolhido para compor a chapa ao lado do candidato à prefeito Dinha, o vereador e presidente municipal do DEM, Dene Canaã afirmou “Para mim vai ser uma honra se meu nome for escolhido, mas sabemos que tem outros nomes bons também no grupo. O que queremos é mudança, como toda a população quer e, graça a Deus, pudemos ver isso no sábado na convenção, com aquela multidão nos apoiando.

Apoio popular

“A população compareceu em massa, porque está cansada desse grupo que está aí, a frente da prefeitura, há quase 20 anos e que não tem compromisso com o povo. Posso falar com toda a certeza, pois quando estive à frente da câmara de vereadores senti isso na pele; vários projetos foram feitos, mas muito pouco foram realizados.”, alfinetou.

Dene Canaã declarou que se for escolhido para concorrer como vice vai buscar o mesmo que Dinha. “Vamos lutar pela cidade e pelo povo. Fazer um governo para o povo e não para um grupo.”, frisou

Surpresa política

O vereador ainda relatou que a política é dinâmica e que cada dia tem surpresa, “Eu vejo esses boatos com surpresa, mas que podem virar realidade. Se meu nome for escolhido vou ficar muito feliz e ajudar a população a se libertar de um governo voltado para um grupo de políticos e não para a população e para o município.”

Perguntado sobre a posição da vereadora Cleide Vieira do PSC que após três anos se declarando como oposição ao prefeito e que de repente declarou apoio à situação, o vereador disse “Mudança acontece, isso e normal, mas o que não dá pra entender é que a vereadora foi varias vezes massacrada pelo gestor e agora o está defendendo. Lembro que, no ano de 2004, ela foi vice na chapa do prefeito e juntos perderam as eleições, no ano de 2012 ela foi anunciada novamente como vice só que na última hora o prefeito anunciou outro nome como seu vice. Desde então ela firmou compromisso com o grupo de oposição. Cada um vê o que é melhor para o município, mas eu gostaria muito que ela estivesse aqui do nosso lado para poder ajudar a resgatar a cidade de um governo voltado para um grupo com um protejo de 20 anos que não deu certo no município.”, destacou.

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top