Tartaruga marinha é encontrada morta na praia de Jauá - Fala Simões Filho - Notícias de Simões Filho
Pojuca

Tartaruga marinha é encontrada morta na praia de Jauá

Uma tartaruga morta foi encontrada na manhã desta quarta-feira (20), na praia em Jauá, orla de Camaçari. De acordo informações, alguns moradores tentaram entrar em contato com as autoridades responsáveis para realizar a retirada do animal.

No município de Camaçari e Mata de São João, mais precisamente no litoral de ambas cidades, Arembepe e Praia do forte sediam o Projeto TAMAR – responsável pela pesquisa, conservação e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil, todas ameaçadas de extinção.

Tartaruga marinha é encontrada morta na praia de Jauá

Em 1992 foi criado em Arempebe, um centro de visitantes do Projeto TAMAR, De acordo com o site do Projeto, o centro de visitantes tem uma importância singular para a sua divulgação, pois a maior parte dos visitantes é formada pela população residente na região metropolitana de Salvador – área que concentra a maioria das desovas presentes no litoral norte baiano. Recebe aproximadamente três mil visitantes/mês, com destaque para os estudantes das escolas de Salvador e da região.

O Centro de Visitantes da Praia do Forte foi criado em 1982. Junto com a base de pesquisa, ocupa uma área total de dez mil metros quadrados, cedida pela Marinha do Brasil/Comando do IIº Distrito Naval, no entorno do farol Garcia D’Ávila.

Entre tanques e aquários, são 600 mil litros de água salgada com exemplares da fauna marinha da região e de quatro das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil, em diferentes estágios do ciclo de vida. Um espaço cultural recebe eventos com artistas nacionais, internacionais e locais. As informações estão distribuídas por todo o espaço, através de painéis em português e inglês.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top