Quatro amigos mostram como a verdadeira amizade resiste ao tempo
Pojuca

Quatro amigos mostram como a verdadeira amizade resiste ao tempo

Conservar uma amizade verdadeira de longa data, nesta sociedade dita moderna, é uma tarefa difícil. Quando associamos o tema “relacionamentos” a este sistema de coisas cada vez mais “descartáveis”, pelo qual somos cercados todos os dias, talvez pensássemos que ter um velho amigo, ou “amigo das antigas” (como falam por aí), não é só difícil, mas, praticamente impossível.

A realidade da vida em si, tende a tornar as pessoas cada vez mais individualistas. Com as inúmeras ocupações, onde o trabalho, os estudos, a agenda lotada tira o pouco tempo disponível, os amigos vão perdendo cada vez mais espaço em nossas vidas, e a amizade vai ficando no esquecimento. Felizmente, esta não é uma regra geral, e muitas pessoas ainda conseguem conservar boas amizades para a vida toda.

Quatro amigos mostram como a verdadeira amizade resiste ao tempo

Um bom exemplo do que foi dito, é a amizade entre quatro amigos de Mata de São João e Camaçari que, desde a adolescência, preservam uma amizade que construíra ao longo de oito anos. Amanda Caroline, 21 anos; Lais Seixas, 21; Stefany Gomes, 20 e Ramon Souza, 22, o quarteto inseparável, têm muitas histórias para contar deste o tempo de escola. São oito anos de amizades.

A matense Stefany falou de “confiança”, considerado por muitos, um dos principais requisitos de uma boa amizade que, em sua opinião “é algo que deve ser construído com o tempo”. Dizendo isso, a jovem acrescentou: “Conheci os meus amigos em tempos diferentes, mas temos bom tempo de amizade e nosso lema é preservar esse sentimento de cuidados que temos um com o outro”, ressalta.

null

A matense Stefany e sua amiga a camaçariense Amanda Caroline (Foto: Mais Região)

Amanda Caroline, que reside em Camaçari, busca conservar o relacionamento fraterno com seus amigos, mesmo morando em cidades diferentes. “Ainda que ausente em alguns momentos, e vivendo um pouco distante, não deixamos de ser amigos e não deixei a amizade acabar, pois o amigo não se pede nem se compra, mas, reconhecemos com pessoas importantes em nossas vidas”, pontua a camaçariense.

Ramon, único homem do grupo, afirma que sempre sofreu preconceito por ter amizades femininas, contudo, garante que não se importa com o que dizem, pois para ele é uma dádiva contar com suas amigas. “Como diz o ditado ‘Quem tem amigos tem tudo’, então posso dizer que tenho tudo nesta vida, pois tenho três amigas maravilhosas”, frisa.

null

Laís Seixas e seu amigo de infância e vizinho Ramon Souza (Foto: Mais Região)

Irmandade – A amizade vai além do saber ouvir e aconselhar. Segundo Laís, os amigos são irmãos que a vida presenteia e que possuem perspectivas diferentes, o que proporciona o amadurecimento e segurança. “Cada um é diferente e por isso a amizade deu certo, pois os pontos de vistas distintos nos fazem perceber a vida de um outro modo, que estava fora de nosso alcance”, explica.

Amizade masculina – A quem considere impossível que exista amizade verdadeira entre um homem e uma mulher, sem que não haja outros interesses, mas, Amada consegue derrubar essa crença antiga e preconceituosa. “A amizade entre um homem e uma mulher é possível sim! Posso falar com experiência de muitos anos, que nossa amizade com Ramon é verdadeira. Temos uma visão masculina de tudo e ele tenta compreender o nosso universo, a final são três contra um”, brinca.

Estes quatro jovens ensinam uma lição importante: “As verdadeiras amizades se fortalecem, quando são nutridas pela aceitação, pelo respeito, e principalmente, pelo amor!”

 FELIZ DIA DO AMIGO. 

Mais Região

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top