Prefeito de Simões Filho tem perda da função pública e direitos políticos
Simões Filho

Prefeito de Simões Filho tem perda da função pública e direitos políticos

O prefeito de Simões Filho, Eduardo Alencar (PSD), teve a perda da função pública e os direitos políticos suspensos por três anos, através de uma sentença publicada na última segunda-feira (14).

Ele foi condenado em ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público da Bahia (MPF/BA), por conta de acusações de desvio de recursos públicos federais repassados por meio de convênio com os Ministérios da Educação, Esportes, Cidades e Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Além do gestor, consta na sentença acusações envolvendo 24 pessoas e três empresas.

++ Polícia de Simões Filho promove ação de combate a violência

Na sentença consta também que Eduardo fica proibido de contratos com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios. De acordo com o Ministério Público, as irregularidades foram identificadas pela Controladoria geral da União (CGU), no município e serviram de base para as ações.

Como o processo tramitou em primeira instância, o prefeito poderá recorrer da decisão.

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top