População de Simões Filho sai às ruas para pedir segurança - Fala Simões Filho - Notícias de Simões Filho
Simões Filho

População de Simões Filho sai às ruas para pedir segurança

A falta de segurança na cidade de Simões Filho tem provocado a indignação dos moradores que estão com medo de sair de casa.  Para muitos habitantes  do município, localizado na região metropolitana de Salvador,  sair de casa e voltar sem ter sofrido algum tipo de violência  se tornou um desafio.

O município  é cortado por duas importantes vias do Estado da Bahia , a BR 324 e a BA 093, além da  BA 526 ,conhecida como Cia-Aeroporto, o que facilita a ação de elementos de outras regiões  na cidade.

A cidade de Simões Filho conta hoje com duas companhias envolvidas diretamente na segurança: A RONDESP RMS,  que atende  mais 11 cidade da região metropolitana, e a 22 CIPM que atua no município.

Mesmo com  a ronda ostensiva da polícia realizada diariamente no município os bandidos não se intimidam e continuam aterrorizando a população local.

Por conta desta situação de insegurança vivida pelos moradores eles realizaram na manhã desta quinta-feira (20) uma manifestação popular, organizada por líderes de bairros e estudantes.  Eles foram para as ruas com cartazes e faixas  pedindo segurança. O protesto aconteceu de forma pacífica na ruas do Centro.

Segundo os manifestantes Simões Filho vem sofrendo com a violência  o que deixa as pessoas muito assustadas, se limitando até mesmo para sair de casa. “Chega dá um frio na barriga sair de casa e acabar sendo a próxima vítima” falou um dos manifestante.

Os manifestantes ainda  relataram que em anos anteriores o alvo dos ladrões era o Centro Industrial  de Aratu, mas agora a violência está espalhada na cidade. Uma outra manifestante que não quis se identificar disse que as pessoas  não podem demonstrar que possui um celular moderno. “ Agora  temos que andar com dois aparelhos celulares, um bom e outro inferior, desta forma levamos o inferior para sair às ruas”, protesta ela que diz já ter sido vítima de assaltos na cidade.

O roubo de celular em Simões Filho é algo que cresce assustadoramente. Em geral os elementos agem da mesma maneira; em dupla a bordo de uma motocicleta intimidam a vítima com arma de fogo e rouba o aparelho.

A população que se reuniu na manhã de hoje quer também que a sociedade em geral se mobilize e  lute por dias mais seguros.  Uma outra moradora  disse que são muitas maẽs chorando com lembrança de filhos que foram vítimas  da violência. “Não podemos cruzar os braços diante disso e ver os jovens morrendo cedo, como foi o caso de Ravier, que morreu brutalmente por um aparelho celular, isso não pode ficar impune.” desabafa.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top