Operação deflagrada pelo DHPP apreende 11 armas e prende 5 ciganos, em Simões Filho - Fala Simões Filho - Notícias de Simões Filho
Mata de São João

Operação deflagrada pelo DHPP apreende 11 armas e prende 5 ciganos, em Simões Filho

Mega operação apreender armas e prende ciganos.

Mega operação apreender armas e prende ciganos.

Uma operação deflagrada na madrugada desta sexta-feira (19), pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no município de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS), prende cinco ciganos em flagrante.

Detidos, os ciganos Djalma Alves Lemos, 56 anos, e seu sobrinho, Jairo Cerqueira, 35, bem como Lenival dos Santos Gama, 62, e seus dois filhos, Genivaldo dos Santos Gama, 42, e Iran dos Santos Gama, 29, foram autuados por porte ilegal de arma.

As prisões ocorreram logo após as investigações sobre as mortes dos irmãos gêmeos Cézar Sílvio Carvalho Santos e Sílvio Cézar Carvalho Santos terem se intensificado.

Cumprindo seis mandatos de busca e apreensão em seis imóveis, a operação resultou na apreensão de onze armas, sendo algumas de uso exclusivo das forças armadas, como uma pistola calibre ponto 45 e uma 9 milímetros, além de escopeta, rifle e armas semiautomáticas. Também foram apreendidas grande quantidade de munição, carregadores, cartuchos, facões e 16 mil reais em espécie.

O Secretário da Segurança Pública do estado, Maurício Teles Barbosa, afirmou que a polícia está empenhada em esclarecer os crimes e prender os autores. “Temos uma linha de investigação definida e com as identificações dos principais suspeitos de participação nos assassinatos”, garantiu.

Além de responder por porte ilegal de arma, contra Genildo dos Santos Gama também será instaurado um inquérito para investigar o comércio ilegal de armas de fogo, já que em seu imóvel foram encontradas armas e farta quantidade de munição.

A ação contou com a participação de mais de cem policiais envolvendo o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), a Coordenadoria de Operações Especiais (COE) e o Departamento de Polícia Metropolitana (Depom).

O diretor do DHPP, delegado José Bezerra Júnior, juntamente com as delegadas Clelba Regina Teles e Andrea Ribeiro, diretora adjunta e coordenadora da 1ª DH/Atlântico, respectivamente, apresentaram à impressa, na tarde da sexta-feira (19), o resultado da operação.

José Bezerra Júnior explicou que “As armas serão encaminhadas para o Departamento de Polícia Técnica, para saber se já foram utilizadas em algum crime, inclusive na morte dos gêmeos Silvio e Cesar Carvalho, ocorrida na Baixa do Tubo”.

Além dos homicídios, também será investigada, pelo Departamento, a possível comercialização dessas armas e as suas origens.

Os cinco acusados já estão à disposição da Justiça.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top