Obras do metrô vão gerar 2 mil novos empregos em Salvador - Fala Simões Filho - Notícias de Simões Filho
Empregos

Obras do metrô vão gerar 2 mil novos empregos em Salvador

 

A Estação Tamburugy do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, que recebeu a visita do governador Rui Costa nesta terça-feira (6), já tem 44% das obras concluídas. Ela é uma das 12 estações que compõem a Linha 2 e deve ficar pronta em janeiro de 2017. O governador acompanhou o trabalho no canteiro de obras e elogiou o trabalho que está sendo desenvolvido pelos operários da estação, com quem tomou café por volta das 7h de hoje. Rui destacou a criação de novos postos de trabalho, com o início das obras para a construção do tramo 3 do metrô de salvador, que vai ligar Pirajá a Águas Claras.

Vagas de emprego

O ritmo está bastante acelerado e até antecipado à [previsão de conclusão] obra. Nós vamos iniciar o trecho de Pirajá até Águas Claras gerando cerca de 2 mil novas vagas, e isso é o mais importante”, disse o governador. Segundo ele, os novos postos são demanda dos próprios trabalhadores. “A demanda dos operários do metrô é abrir novas frentes de trabalho para que mais pessoas estejam empregadas, e estamos fazendo isso. A obra do metrô já é importante na construção e vai ser tão mais importante quando estiver concluída, servindo a toda população”, afirmou o governador.

Antes da visita às obras, Rui tomou café da manhã com cerca de 200 trabalhadores, quando ele lembrou do tempo em que trabalhava no Polo de Camaçari e também comia no ‘bandejão’. “Eu já fiz muito isso quando eu trabalhava no Polo, na construção de plataformas em Candeias, para mim não é novidade, na década de 80 todo dia eu estava no bandejão na fábrica. A gente comemora quando vê uma obra pronta, mas é muito importante valorizar quem está edificando ela”, disse.

Os trabalhadores são gente como o técnico em segurança, Juarez Barbosa. “Essa visita do governador é muito importante para conhecer o ambiente, o nosso dia a dia. Eu gostei muito da iniciativa dele de vir aqui”. A auxiliar de serviços gerais, Márcia Barbosa, acredita que a visita do governador é importante. “Pode gerar mais trabalho e evoluir, trazer melhoras para a gente que já está trabalhando também”.

Estação Tamburugy

Em uma área de 4.300 metros quadrados e dois andares para passageiros, a Estação Tamburugy está sendo construída de modo que o embarque se dê na área central, cujo acesso ocorrerá por meio de passarela e ciclovia. As obras na estação continuam em ritmo avançado.

Atualmente, estão sendo realizados serviços na estrutura pré-moldada e montagem da cobertura metálica da estação, alvenaria, reboco, pastilha e pintura das salas técnicas e execução do reservatório subterrâneo. Os serviços de fundação da estação e salas técnicas, por outro lado, já foram concluídos, bem como a instalação dos pré-moldados do corpo da estação, exceto as peças das saídas de emergência.

A construção da Estação Tamburugy, no entanto, não tem sido uma tarefa fácil para a CCR Metrô Bahia. Ao contrário, envolveu desafios para a área técnica da companhia como, por exemplo, a perfuração das fundações da estação, em razão da cota mais baixa das estacas em relação à estrutura pré-moldada da plataforma e da via permanente.

Estação Tamburugy do metrô de Salvador
(Foto: Mateus Pereira/GOVBA)

Obras aceleradasOs canteiros da Linha 2 estão a pleno vapor em onze das doze estações situadas entre Acesso Norte e Aeroporto, com 60% das obras das estações concluídas. A previsão da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur) e da CCR Metrô Bahia é que até o início de dezembro desse ano, o primeiro trecho da Linha 2 – do Acesso Norte à Rodoviária – entre em operação. Cerca de 8,5 mil colaboradores diretos e indiretos trabalham na construção e operação do sistema. Com previsão de conclusão em 2017, a Linha 2 do metrô será composta por 12 estações entre Acesso Norte e Aeroporto, trecho que será percorrido em 27 minutos quando entrar em operação.

O presidente da CCR Metrô Bahia, Luís Valença, disse que o ritmo das obras surpreende. “Nós estamos satisfeitos, é um ritmo acelerado, talvez a obra de mobilidade mais rápida deste lado do mundo. São doze estações, devemos inaugurar até a Rodoviária até o final deste ano e, até o final de 2017, devemos inaugurar o trecho do aeroporto até a Rodoviária”.

Obras aceleradas Estação Tamburugy do metrô de Salvador
(Foto: Carol Garcia/GOVBA

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top