Mata de São João

Garota de 7 anos que foi violentada em Simões Filho apresenta melhora no quadro de saúde

hospital

A menina Raylane de 7 anos vítima de violência sexual e agressão na cidade de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador,  apresentou uma melhora no quadro de saúde.

Segundo a mãe da criança ela ainda está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em um hospital de Salvadror, capital baiana, mas saiu do coma induzido.   A sedação foi retirada aos poucos e os médicos agora esperam que a menina acorde dos efeitos do remédio. “Ela não está mais tomando sedativos e não está mais inchada”, disse a mãe de Raylane.

O coma induzido foi uma medida adotada pelos médicos para estimular a recuperação da menina e evitar o esforço cerebral.

O caso

A menina Raylane de 7 anos foi estuprada no início da noite do dia 07 de setembro.

A garota brincava com outras crianças quando foi atraída por um vizinho que prometeu dar-lhe doces e 1 real para comprar merenda. Acreditando na falsa promessa Raylane o acompanhou para um terreno escuro nas proximidades da residência.

Após a violência sexual o agressor ainda tentou matar a menina apertando seu pescoço. A intensão dele era jogá-la pela janela, mas uma vizinha ouviu os gritos da criança e chamou outras pessoas par irem ver o que estava acontecendo.

O acusado querendo se livrar do crime jogou a garota na via  pública onde foi encontrada, toda machucada, pela avó.

Por Ana Costa

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top