Simões Filho

Falta de segurança pode colocar Simões Filho no topo do ranking das cidades mais violentas do Brasil

foto_violncia

A pouco mais de 1 mês para encerrar o ano de 2016 e ao que parece, Simões Filho vai carregar uma uma triste recordação. O ano foi marcado pela falta de segurança que pode colocar o município novamente no topo do ranking do mapa da violência nacional.

A insegurança vivida na cidade vem deixando os moradores cada dia mais apreensivos, com medo de sair de casa e ser vítima de um assalto, furto, ou até mesmo de ser atingido por uma bala perdida, devido às constantes guerras protagonizada pelo tráfico da região.

A triste realidade da população só tem aumentado a cada dia. Em 2012 Simões Filho recebeu um título nada nobre, foi eleita a cidade mais violenta do Brasil e ao que tudo indica a cidade pode voltar a ocupar essa posição.

Para se ter uma ideia, nos primeiros 8 dias do mês de novembro,  7 homicídios foram registrados dentro do perímetro urbano da cidade. Na noite de terça-feira (8), moradores dos Conjunto Residencial Preto Velho,localizado no bairro do Tiro Seguro,  viveram um drama típico de filme de ação policial.

+ Acusado com mandado de prisão é preso em Simões Filho

De acordo com informações da polícia,  por volta das 21h um grupo de amigos estavam em um bar  e foram surpreendidos por vários elementos armados que abriram fogo contra eles. O tumulto e o pânico foi geral , gerando um corre corre de pessoas que buscavam se esconder dos disparos.

A ação criminosa resultou na morte de Willian Melo dos Santos de 23 anos e deixou baleado: Jonas Silva dos Santos, Elton dos Santos Santos, José Marcelo Silva Ferreira, Pedro Henrique Pedreira de Freitas e Luan Pablo dos Santos de apenas 14 anos.

As vítimas foram socorridas e levadas ao Hospital Municipal de Simões Filho . O estado de saúde delas não foi divulgado.

O dia seguinte

Em virtude da violência espalhada na cidade com o agravante acontecido no dia 8, muitos moradores temem continuar morando no local. Um dos moradores que preferiu não se identificar, disse que já pensa em deixar seu apartamento.

Segundo eles a falta de segurança é muito grande. “Para morar aqui nesse condomínio precisa ter muita coragem. Aqui os bandidos ditam as regras e por isso eu vou abandonar meu apartamento e vou embora”, lamentou uma moradora.

Uma outra moradora, disse que além desse tipo de violência ainda tem os assaltos, onde muitos apartamentos são arrombados e os proprietários perdem todos os seus pertences de valor.

Saiba mais

Tiroteio termina com três suspeitos mortos em Simões Filho

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top