Empregos

Estaleiro contrata ajudante,caldeireiro, soldador, montador e diversos outros

ESTALEIRO ITAGUAI

URGENTE: Estaleiro contrata ajudante,caldeireiro, soldador, montador e diversos outros

Currículos devem ser encaminhados até o dia 28 de agosto.

O estaleiro ICN- Itaguaí Construções Navais, abriu processo de seleção para obras de montagem e manutenção e está aceitando currículos de diversos profissionais nas mais variadas funções. Dentre as dezenas de oportunidades de emprego, os destaques vão para as profissões de soldador, ajudante, caldeireiro, soldador e montador. Para participar da seleção, a contratante disponibilizou um email para recebimento dos currículos.

A lista com as chances de trabalho vão ainda mais além e oferece vagas para outras profissões, como: mecânico naval, maçariqueiro, serralheiro e operador de maquina de corte.

Veja a lista completa:

Chapeador naval;
Meio oficial;
Esmerilhador;
Montador de andaimes;
Ajudante Industrial;
Meio oficial de laminador;
Isolador acústico;
Operador de máquina de corte;
Meio oficial de marceneiro;
Fresador;

Mandrilador;
Mecânico naval;
Pintor industrial;
Ajudante de Pintor industrial;
Soldador;
Maçariqueiro;
Meio oficial de maçariqueiro;
Operador de preaquecimento;
Meio oficial de preaquecimento;
Serralheiro.

Ainda de acordo com nota da assessoria de recursos humanos, os contratados terão direito a remuneração compatível com a função e benefícios. O local de trabalho é no estado do Rio de Janeiro.

Se você se enquadra em uma das funções anunciadas, pode encaminhar seu currículo atualizado com o nome da vaga no assunto para:recrutamento@icnavais.com

A entrega do currículo só poderá ser feito até o dia 28 de agosto. Processo de avaliação acontecerá no início do mês de setembro.

Sobre a ICN

Criada em 2009, a Itaguaí Construções Navais – ICN é fruto da parceria entre a Construtora Norberto Odebrecht S.A. e a DCNS, empresa francesa com mais de 350 anos de tradição no setor de defesa marítima e construção de embarcações militares.

O PROSUB prevê a fabricação de cinco submarinos pela ICN, sendo quatro convencionais com propulsão diesel-elétrica e um com propulsão nuclear. O acordo ainda contempla a construção de um Estaleiro, uma Base Naval, uma Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas (UFEM), além da transferência de tecnologia por meio de treinamentos e qualificações de profissionais brasileiros, capacitando o país a desenvolver projetos futuros, tornando-o autônomo na construção de submarinos.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top