Mata de São João

Em entrevista, Dinha critica a atual gestão: “ Para onde está indo tanto dinheiro?”

IMG_20160801_111425[1]

Na manhã desta segunda-feira (01), nossa reportagem conversou com o candidato a prefeito de Simões Filho Diógenes Tolentino, o Dinha, do PMDB. Primeiramente o candidato falou agradecendo à população pelo comparecimento em massa na convenção do partido que aconteceu no último sábado (30) e contou com a presença do prefeito da capital Salvador ACM Neto (DEM/BA), que lidera o ranking de melhor prefeito do Brasil, também com a presença do Deputado Federal Paulo Azi (DEM/BA), além de vários outros correligionários políticos do município.IMG_20160801_111425[1]

ACM Neto

Dinha falou que a presença de ACM Neto no município,  foi para ver de perto o desejo de mudança por parte da população que é a maior vítima da má administração pública. “O prefeito ACM Neto ficou muito feliz em ver que a população de Simões Filho acredita e quer mudança e que por esse motivo compareceu em massa na convenção do partido. Quero lembrar que ali não tinha ninguém contra sua vontade, o comparecimento em massa foi uma forma do povo se expressar e dizer que não aguenta mais essa forma de governo que está presente no município há mais de 20 anos.”, disse.

Confiança

Dinha afirmou que a confiança dada pelo povo é fundamental para que ele possa seguir rumo às eleições e depois poder trabalhar pelo povo. “Quando a população lhe dá essa confiança você tem que resolve os problemas do município. No meu governo os moradores vão participar e dizer o que é melhor para o município.”, destacou.

O candidato ainda destacou que as visitas de ACM Neto bem como do Deputado Federal Paulo Azi foi para se colocarem à disposição do futuro gestor do município para trazer a mesma forma de governar que está sendo realizada em Salvador. “Isso pode acontecer em Simões Filho, é só ter força de vontade e administrar o dinheiro público como deve ser administrado.”

Formação da chapa

Dinha também falou sobre o fato de o nome de seu vice ainda não ter sido anunciado.Segundo ele esse nome deverá ser escolhido na próxima sexta-feira, dia 05, quando todo o grupo de oposição irá se reunir e decidir pelo melhor candidato.

Perguntado sobre os nomes que vêm sendo cogitado na cidade o mesmo se esquivou e afirmou que seu vice será anunciado na sexta-feira, às 19 horas. “Não podemos descarta ninguém. Pode ser tanto um homem como uma mulher, desde que tenha o mesmo pensamento de mudança do nosso grupo de oposição e que venha disposto a ajuda o nosso município.”, frisou.

Ao ser perguntado se seria uma mulher a escolhida para fortalecer a chapa Dinha afirmou, “Tem vários nomes de mulher que podem ser escolhidos e estamos estudando cada um desses nomes.”

João Contador

Ainda em entrevista o candidato nos falou sobre o ex-vereador João Contador do PDT, outro nome cogitado para compor a chapa ao lado de Dinha. “O que posso falar do João Contador é que ele é uma pessoa muito trabalhadora. Ele, enquanto vereador, apresentou vários projetos na Câmara, para melhorias na cidade e será muito bem vindo ao grupo. Tenho certeza de que a população ficará muito feliz em ter uma pessoa tão engajada para trabalhar pelo município.”

Dinheiro Público

O candidato a prefeito Dinha também fez duras críticas à maneira em que o dinheiro público vem sendo gasto por duas secretárias, a Secretaria de Serviços Públicos (SESP), e a Secretaria de Obras que, segundo ele, são as responsáveis pela mudança da cidade na limpeza e infraestrutura. “O que não dá pra entender é que essas duas secretarias administram boa parte da renda do município, enquanto a Secretaria de Desenvolvimento Social, que trabalha com os problemas sociais do município recebeu muito menos. Eu gostaria de saber onde está sendo empregado o dinheiro que vai para essas secretarias, já que a SESP, que é responsável pela manutenção de toda infraestrutura da cidade, como troca de lâmpada, limpeza e coleta de lixo, no entanto o que podemos ver é uma empresa conhecida como MM, que se diz responsável por esse serviço e que recebe um dinheirão, mas as ruas continuam sujas, a coleta de lixo é ruim… Há problemas em todos os bairros. Já a Secretaria de Obras não faz nada há muito tempo e quando faz é porque o povo protestou, e ainda faz um serviço ruim. Cadê a pavimentação das ruas? As obras de grande extensão no município? O povo se cansou disso e pede mudanças. E essas mudanças vão acontecer nas eleições de outubro.” desabafou Diógenes.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top