Cidades

Dias d’Ávila e Mata receberão quase R$ 4 mi da repatriação

dias-davila-e-mata-receberao-quase-r-4-mi-da-repatriacao

A Bahia deve receber mais de R$ 533 milhões dos recursos arrecadados com o processo de regularização de ativos mantidos por brasileiros no exterior, chamado de “repatriação”, segundo projeção do Confederação Nacional de Municípios (CNM). Deste valor, os municípios de Dias d’Ávila e Mata de São João vão receber quase R$ 4 milhões.

No inicio do mês, o governo federal anunciou ter arrecadado R$ 50,9 bilhões com a repatriação. A União terá que dividir parte do valor arrecadado com os estados e com os municípios. Por lei, os estados ficam com 21,5% da arrecadação do imposto e, os municípios, com 23,5%.

Das 417 cidades da Bahia, Salvador será a que terá a maior arrecadação: R$ 48,5 milhões. Dias d’Ávila vai receber R$ 2.239.626,81 e Mata de São João R$ 1.722.789,85.

A lista com as projeções de quanto cada município baiano deve receber foi divulgada no site da CNM.

Como é feito o calculo

A Confederação afirma que o cálculo é feito com base nos Fundos de Participação dos Estados (FPE) e Municípios (FPM), que constituem modalidades de transferência de recursos financeiros da União para os estados e municípios, prevista na Constituição Federal. Os coeficientes de participação na distribuição de recursos tributários da União são definidos pelo Tribunal de Contas da União (TCU), com base em dados fornecidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre eles o número de habitantes de cada região.

Imposto

Os R$ 50,9 bilhões da repatriação foram arrecadados pela União com a cobrança de impostos e multas sobre R$ 169,9 bilhões em bens mantidos por contribuintes em outros países. Pelas regras, sobre o valor regularizado incidiu uma alíquota de 15% de Imposto de Renda e outros 15% de multa.

No total, 25.011 contribuintes pessoas físicas e 103 empresas aderiram ao programa. A maior parte dos ativos (R$ 163,87 bilhões) foram declarados pelas pessoas físicas. As empresas, por sua vez, declararam R$ 6,06 bilhões em ativos no exterior. O prazo para regularizar os ativos encerrou no dia 31 de outubro. ( Agência Mais Região)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top