Clientes de Simões Filho reclamam da greve dos bancários
Simões Filho

Clientes de Simões Filho reclamam da greve dos bancários

Agências fechadas impedem pagamentos e outros serviços.
Fenanban diz que não existe data de novas negociações.

A greve dos bancários completa nesta quarta-feira (28), em Simões Filho, 23 dias. De acordo com os sindicatos, 100% das agências estão fechadas na região. A categoria informou que não tem previsão para terminar a greve e nem novas rodadas de negociação. Quem consegue realizar transações pela internet não está sentindo tanto os efeitos da greve. A aposentada Elenice Santos, moradora do Cia I,  faz pagamento, extratos, tudo pelo celular. “Só não faço depósito porque não dá”, diz Elenice.

Já o pedreiro Antonio Dias está preocupado. “ Eu esqueci de pagar um boleto e os juros estão rolando. “Eu liguei na financiadora pedi os juros para poder pagar e fui até os bancos pagar e estava fechado. E como não é o banco que eu trabalho, vou ter que esperar o banco abrir para pagar essa conta. E o banco não vai me ressarcir dos juros que correu nesses dias de greve.”, reclama.

Problemas

Alguns clientes que chegam às agências em Simões Filho  disseram que não encontram envelope para fazer depósito no caixa eletrônico. “Se a conta estiver negativada e a gente quiser depositar, não tem como. Só indo na lotérica”, falou a aposentada Sônia Santos.

Para quem não sabe mexer nas máquinas também não há informações ou auxílio. “Eu nunca fiz um depósito no caixa eletrônico, aí eu fui fazer e não consegui, porque lá não tem ninguém para dar orientação, só o vigilante. Ele falou que tem que deixar para depois, porque agora está difícil”, disse o motorista de ônibus Sebastião da Silva.

Minha filha bloqueou o meu cartão do Banco do Brasil e eu não consigo fazer o desbloqueio sem falar com o gerente. Enquanto isso fico sem usar o cartão de crédito. Já faz 15 dias que isso aconteceu. Os outros serviços a gente tem resolvido em Casas Lotéricas e supermercados, mas isso não tem jeito. Vamos ter que aguardar”, reclama a dona de casa Maria Neves, moradora do Bairro Km-30, em Simões Filho.

Tanto o Banco do Brasil quanto a Caixa Econômica Federal e outros bancos  permanecerão fechadas até o fim da paralisação.

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top